Aconteceu em 2011: ODF e LibreOffice na Receita Federal

postado em 20 de dez de 2011 05:01 por Gustavo Pacheco   [ 20 de dez de 2011 05:03 atualizado‎(s)‎ ]
Uma das melhores constatações sobre o avanço de um projeto de implantação do OpenDocument Format (ODF) e do LibreOffice acontece quando tanto o formato quanto o aplicativo passam a fazer parte dos relacionamentos entre a organização e seus parceiros (clientes, usuários, fornecedores, etc.). 

Desde abril de 2011, a Receita Federal do Brasil passou a disponibilizar os seus formulários na web também no padrão ODF. Foi um passo importante para um trabalho iniciado ainda no ano anterior, a partir da Portaria RFB n.º 1.210, de 27/05/2010, que estabeleceu a adoção do padrão aberto ODF nas operações da Receita. Para os visitantes desavisados, o aviso inicial da página de formulários esclarece a nova opção e indica o caminho para o download do aplicativo compatível. No caso, o LibreOffice.

A ação da Receita pelo ODF é um enorme préstimo ao cidadão brasileiro. É a aplicação dos direitos mais básicos de acesso aos serviços públicos, sem onerar o bolso do usuário com a necessidade de um software proprietário de alto custo ou, ainda, empurrá-lo para o limbo do software pirata. 

Com seus formulários à disposição em um padrão aberto, a Receita dá ao usuário a oportunidade de exercer plenamente a sua cidadania. Merece os parabéns não como se estivesse nos fazendo um favor, mas sim como quem cumpre com competência as suas obrigações.

Para visitar a página de formulários da Receita Federal do Brasil, clique aqui.

Comments